quarta-feira, 21 de junho de 2006

Bolo de Chocolate. Não sopa de letrinhas!


Quando eu era criança detestava sopa de letrinhas, mas era a sensação do momento, em toda casa que você ia as mães te ofereciam a fabulosa sopa, acho que até a Xuxa tinha sua própria marca. E eu pra não me sentir mais ET do que já era, tomava a sopa de MUITO bom grado!

A gripe, talvez por causar febre, por vezes me faz refletir sobre fatos ou seria atos (?) do meu ser. É certo que eu não tenho uma vida regrada e estavél, é certo também que não tenho certeza se terei. Eu gosto de ouvir Wear Sunscreen (aquele do Filtro Solar que tem uma origem supostamente da autoria de Mary Schmich, produzido pelo diretor Baz Luhrmann, interpretado na voz de Lee Perry e diversas outras supostas autorias do TEXTO ORIGINAL, mas aqui no Brasil ficou conhecida na voz do Pedro Bial mesmo, lembraram néam?! :)), então me conforta ouvir ele dizer que as pessaos mais interessantes que conhece não sabiam o que queria fazer da vida aos 22 (eu ainda tenho 21, olha que maravilha!!!) e que alguns dos quarentões mais interessantes ainda não sabem. Só há um porém nessa história que me desanima no imediato momento que me ponho a pensar: não sou interessante! Onde já se viu um ET ser interessante. Digo, um ET terráqueo se é que me entendem.
Ser o que sou, pode justificar o fato de eu não conseguir ser o que quero ser. Talvez se eu fosse "interessante", as pessoas teriam me contratado nas entrevistas que fiz, e estaria comprando o vestido da moda nas grifes da cidade e namorando o cara da Labs e indo todo final de semana na disco. Mas que graça teria minha vida? o menino da Labs, óbvio!
O fato é que ser quem sou não deveria prejudicar quem eu quero ser, e na realidade não prejudica, o segredo é este ser estranho que vos escreve, descobrir que só basta ela ser digna de ser quem é, na sua esquisitice humana sim(!) e em seu inigualável caráter sempre quis ouvir algumas das coisas que falo pras pessoas, agora estou tento a opurtunidade de falar pra mim mesma, muito mais interessante.
É quando alguém lhe oferece uma sopa de letrinhas, virar o prato, abismá-los, é dizer que comer uma coisa águada não os fará parecer intelectual, que todos podem ser educados o suficiente para não falarem de boca cheia, contudo não se importam em fazê-lo com a cabeça oca. É provar pra si mesma que ser diferente de todos eles, não é algo ruim, ter substância, sabor, tornar-se apaixonate é ser INTERESSANTE de verdade!
Sei que por mais que algumas portas se fechem, outras duas em algum lugar se abriram pra mim!

5 comentários:

Maf disse...

Nossa, menina! Que coisa... acho que foram transmissões de pensamentos mesmo. Dia desses eu tava conversando com a Josi sobre alguns assuntos que a maioria das pessoas acham espinhoso (rs, vc sabe) e ontem, depois de ir ao shopping pra ver aquelas roupas bacanas pro bolso dos outros e de ter acontecido uma situação super engraçada é que me dei conta disso: do ser igual, da imagem e do ser diferente... E, eu, um chê-capitalista com pelo menos alguma coisa nessa estranha mente, quer mais é ser ele mesmo!
Saudades tb! :]

Thaís Fronczak disse...

não existe aquela expressão... um texto com aspectos machadianos?? (ou algo assim) Pq adimiro machado de assis mas NUNCA li um livro seu inteiro ¬¬
então achei esse seu post um texto literalmente Jackoudiano! (uma nova palavra pro seu vocabulario de letras de sopas de letrinhas... aguadas e com gosto de mandioca ou batat q por sinal Não gosto!
Bejos Jackou q gosto tanto tanto e tanto!

Jaq' Gimenes disse...

Putz tava quase lagrimejando achando que você (Tha) diria que meu texto tava meio machadiano!! sniff sniff
hauhauiahiauhaiuhaiua
É querer demais também néam!!
Mas gostei do Jackoudiano
;)

Thaís Fronczak disse...

aih cruzes... fiquei com remorso agora!
faz assim deleta o resto do coments!!!ahauihauah
fica só com o machadiano se vai te fazer mais feliz!

Carol disse...

uau!, quanto otimismo!
=]
tô precisando de um pouco disso, vc quer dividir comigo? rs

e aquela parte riscada em que vc diz sempre ter desejado que te falassem aquilo que vc diz pros outros.. eu me sinto da mesma forma. vamos montar um clube? rs

bjs, ;*