sábado, 12 de janeiro de 2008

A ESTAÇÃO QUE QUISER!



~De renovadas esperanças se controem um novo ano. Desejos de que o tempo por vir seja melhor, cheio de prosperidade. Já repararam que a palavra PRÓSPERO só é empregada no final do ano?! Qual o motivo?! Tenho minhas teorias, mas elas vão ficar de lado hoje.
~Antigamente costumava fazer resoluções, metas, mandingas e todos os tralalas que esse espírito que envolve toda essa mudança de ciclo que nada mais é do que nada. E foi por parar pra pensar que um novo ano não significa nada, as coisas não se transformam do dia para noite, e o mudar de um digito não faz milagres em sua vida, apesar de todos, por mais que não confessem, lá no fundo, esperam que algo possa acontecer. Por tanto deixei de lado meu hábito de passar o reveillon de preto e sóbria e nem reparei na roupa que iria vestir e quis mais era encher a cara.
~E realmente tive uma das minhas melhores viradas de ano, como aquelas do tempo de criança que você não espera nada, simplesmente quer saborear os quitutes que infelizmente são feitos especialmente pra essa época e aproveitar a festa. Sem desejos, sem preocupações. E foi assim meu começo de ano, quase que da mesma forma que o final dele. E isso não me encomoda.
~Por mais que eu gaste minhas horas deitada no chão transpirando feito um porco que tenta durmir, e não tem vontade de fazer nada a não ser esperar a noite chegar para satisfazer seu desejo louco de provar de outros risos e cantar outras canções com aqueles de quem se gosta, me sinto muito bem assim.
~E digo mais se você quer que as coisas sejam diferente não precisa esperar 1º de janeiro pra isso. A diferença está no seu pensar, no seu agir, somos nós que fazemos uma ano novo, seja ela em abril, outubro ou dezembro, o ano novo só começa quando você permite que ele chegue!
~Pra mim já chegou faz tempo, tem suas tempestades, mas quem se importa se é verão ou inverno... o meu ano é todo outono sempre!







(!) voltei a pedido de alguns queridíssimos.
(!) voltei por saudades de vocês.
(!) voltei :)

6 comentários:

Su. disse...

A volta de Jack! Huahuauahuauhaau
Belo post, viu? Concordo com vc, esperar o final do ano para criar perspectivas e objetivos não faz o menor sentido. Inícios e renovações podem acontecer a qualquer hora!
Beijos, Jack!
Saudades tb! =)

Lexotan disse...

"eu voltei agora pra ficar, pq aqui, aqui é o meu lugar, eu voltei pras cosias que eu deixei, eu voltei"



=)
sahudhsauihusiah


oi jaque... saudades
Anos novos sempre nos trazem inspiração não é?
Para o bem ou para o mal... ela esta ali
=D

Thais disse...

é por isso que eu vou ter um natal em janeiro, com direito a peru e tudo!
depois de um tempo criei uam teoria sobre o natal, que ele apensa tem sentino quando voce é criança pq espera pela festa e pelos presentes e quando voce tem filhos pequenos, pq dae vc curte a expectativa deles!

não sei ao erto o que eu quis dizer com meu comentário, mas achoq vc entendeu, mas o importante é que voce voltou!!
=)

Tati disse...

agora sim!


;o***

Marina do Jadas tá? disse...

saudaaaaaaaaaaaaaaaaaade da minha jaqlina!
amo vc!

Estranha vc?
naaaaaaaada!
a vida eh que não entende! ;)

maftur disse...

adorei a parte do transpirar no chão feito porco. Transpirar sempre é bom, apesar do cheiro e da sensação desagradável de pele grudando, liberamos nossas toxinas do corpo. E, se estivermos fazendo coisas interessantes (exercícios e... bem, deixa pra lá, rs), melhor ainda!

Adorei q vc voltou!

Adoro ler o que você escreve!

Adoro vc!

(e chega de dar uma de poliana!rs)

;-)