domingo, 22 de novembro de 2009

Aquela

Aquela que esqueceu de dormir e acordou com sono. Aquela que se encontra entre a linha tênue do desejo de crescer rapidamente e a vontade pueril de voltar a ser criança. Aquela cujo o cansaço mental a consome, mas os deleites espalhados no dia-a-dia a revigoram. Aquela que tem vontade, mas esbarra no tempo.

3 comentários:

michelito disse...

Aquela que mesmo longe... se faz presente.
Aquela de sorriso fácil, gesto meio taciturno, olhar de solidão e alegria... abarcando um misto de êxtases, sensações, sentimentalidades.
Aquela, que é única.

beijocas.

Marina disse...

aquela que me dá saudade...

Luciana disse...

Às vezes torna-se necessário sentar e traçar prioridades. Talvez o urgente não seja tão urgente assim e pode ser deixado para daqui a pouco. Cuida de você primeiro.

Beijo Jaque!